Como é típico nos lugares muito turísticos, e sobre tudo na temporada alta ou com um feriadão, a vida em Praia do Forte continua dia e noite.
Até poderia dizer que Praia do Forte não é muito mais que uma só rua que te leva da lagoa de um lado da vila, à praia do outro lado. Porém, é uma rua com uma impressionante concentração de lojas, boutiques, barracas e restaurantes onde se vende de tudo. E com muitos turistas.
Como é típico nos lugares muito turísticos, e sobre tudo na temporada alta ou com um feriadão, a vida em Praia do Forte continua dia e noite. Tem eventos, música ao vivo e muitas atividades na rua e tudo isto no meio de uma interminável fila de turistas. Certamente não é o lugar indicado se procura primordialmente tranqüilidade e descanso.
A praia aqui é menor que a de Imbassaí. Porém, graças aos corais frente à costa, a água é muito mais calma e por tanto melhor para nadar. Com a maré baixa formam-se piscinas naturais onde pode praticar o mergulho 'snorkel'.
Depois de passar um tempo na completa tranqüilidade da natureza no nosso sítio, pode acontecer que vai querer sair para fazer compras ou ver gente. Praia do Forte está a menos de 15 minutos de carro.
Na vila pode escolher entre uma variedade gastronômica internacional e, naturalmente, comida típica baiana. Perto da praia vai encontrar as barracas com todo tipo de artesanato local. E claro, não vai faltar uma baiana vendendo um 'acarajé', o sumo do que é a essência baiana.
Praia do Forte cumpre um papel regional de importânca. Além de várias dependências da prefeitura, tem escolas, supermercados, todo tipo de lojas, casas de câmbio, agências de viajem, correio, Banco do Brasil de auto-atendimento e caixas automáticos de também outros bancos para tirar dinheiro com cartão de crédito ou débito.
Tem um posto de saúde para pequenas emergências que funciona às 24 horas.
Até vai ver uma pequena pista para a avioneta que faz um sobrevôo da região pelo preço de 350 reais (140 euros) por pessoa (10 minutos).