Investimentos e projetos turísticos em Imbassaí e seus arredores: Reta Atlântico (Reserva Imbassaí), Fiesta, Iberostar, Costa de Sauípe, Odebrecht.
A 'Costa dos Coqueiros' no estado de Bahia está sendo descoberta. São mais de 200 quilômetros de costa com praias virgens, lagoas escondidas, cachoeiras, pequenos rios, bosques tropicais e intermináveis dunas de areia branca e fina. Imbassaí é apenas um dos tantos povoados neste lugar privilegiado.
Todo aquilo debaixo de um sol tropical o ano todo e num país com estabilidade política e econômica, onde não tem terrorismo e onde fenômenos como furacões, tsunamis e inclusive uma tempestade são simplesmente desconhecidos. Em uma palavra, uma região com uma imensa potência turística que está sendo descoberta pelos empreendimentos do ramo, tanto de capital brasileiro como estrangeiro.
Em 15 quilômetros arredor de Imbassaí tem vários empreendimentos turísticos inaugurados, em execução -ou ainda em fase de desenho- por um total de mais de um bilhão de euros. As agências de meio ambiente ao nível estadual e federal aplicam severas regras para estas inversões obrigando-as a respeitar estritamente o tesouro natural da região.
Construções altas estão proibidas, assim como também perto dos rios ou sobre as praias. Em Imbassaí mesmo o grupo Português 'Reta Atlântico' construiú o parque residencial 'Reserva Imbassaí' com 300 casas e apartamentos de luxo.
O grupo espanhol 'Fiesta' construiú um complexo hoteleiro de luxo com mais de 500 apartamentos, um spa e vários restaurantes, inclusive um restaurante indiano e outro japonês.
A uns 7 quilômetros o grupo espanhol IBEROSTAR já inaugurou em 2006 o primeiro de vários hoteis. Outros estão sendo construidos.
10 quilômetros ao norte já funciona faz vários anos o complexo turístico de 'Costa de Sauípe', já com fama internacional.
Não muito longe deste lugar o grupo brasileiro 'Odebrecht' está construindo outro parque residencial com casas e apartamentos de alto luxo.